segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Hamilton de Holanda Quinteto

Teve como principal influencia o pai, violinista de “choro” (estilo muito rápido e virtuoso), que começa a ensinar-lhe bandolim aos seis anos. Dividindo a sua aprendizagem entre a academia e as rodas de choro, Hamilton vai crescendo e torna o seu bandolim no mais forte e rico de sempre ao acrescentar-lhe mais duas cordas.
Em palco, toca de forma vertiginosa um reportório de musica popular, erudita e jazz.
Quem o viu no FMM de Sines 07, pode confirmar a força dessa sua dinâmica em palco.
Hermeto Pascoal chama-lhe “o maior bandolinista do mundo” e, a crítica Francesa de o “Princepe do Bandolim”.


3 comentários:

Mary disse...

é assim por estas coisinhas qu gosto de ir cá passando* desaparecido!

Skiweb disse...

heheheh...
obrigado mary.
foi uma semana (e fim de semana) complicados...
estas coisinhas são para voçês que apesar de tudo continuam a cá vir espreitar...
bjs:)

k7pirata disse...

Show